• Telas Muller

Dia Mundial do Pão



Panificadoras e entidades de classe de todo o País comemoram neste 16 de outubro o Dia Mundial do Pão. Pesquisas demonstram que a origem do pão, semelhante ao que comemos hoje, está no Egito, há cerca de 4.000 a.C. O conhecimento desse alimento se difundiu entre Gregos, Romanos e Saxões. Os romanos espalharam o pão pela Itália e, depois, para a Europa.

No Brasil, o pão de farinha de trigo chegou no século XIX, trazido por Dom João VI. Nesse período, a importância do pão era tanta que os reis, em viagens, cuidavam para que não faltasse, em suas bagagens, a farinha. E ainda um acompanhante pra lá de especial: o padeiro.

De todos os produtos fabricados pelas empresas brasileiras de panificação e confeitaria,

o pão tipo francês é, sem dúvidas, o principal gerador de fluxo de clientes. Ele é o grande

responsável pelas pessoas irem às padarias todos os dias.

Portanto, nada mais justo que melhorar a qualidade deste produto, já querido por todos

e aceito nas mesas de todas as classes sociais.

Para a confecção de um belo pão precisamos de uma boa farinha. Entende-se por farinha de trigo o produto obtido a partir da espécie Triticum seativan ou de outras espécies do gênero Triticum reconhecidas (exceto Triticum durum) através do processo de moagem do grão de trigo beneficiado. A farinha obtida poderá ser acrescido outros componentes, de acordo com o especificado na presente Norma. Confira aqui, as boas práticas nutricionais do pão francês. Classificação A farinha de trigo é classificada de acordo com seu uso: Uso Doméstico: - Farinha de trigo integral. Obtida a partir do cereal limpo e com teor máximo de cinzas de 2,0% na base seca; - Farinha de trigo Especial ou de Primeira: obtida a partir do cereal limpo, desgerminado com teor máximo de cinzas de 0.65% na base seca. 98% do produto deverá passar através de peneira com abertura de malha de 250 µm. Farinha de trigo comum; obtida a partir do cereal limpo, desgerminado com teor de cinzas entre 0,66% e 1,35% na base seca. 98% do produto deverá passar através de peneira com abertura de malha de 250 µm. Uso industrial: - Farinha de trigo integral: obtida a partir do cereal limpo e com teor máximo de cinzas de 2.5% na base seca devendo obedecer aos requisitos específicos para cada segmento de aplicação. - Farinha de trigo obtida a partir do cereal limpo, desgerminado e com teor máximo de cinzas de 1.35% na base seca devendo obedecer aos requisitos específicos para cada segmento de aplicação. 98% do produto deverá passar através de peneira com abertura de malha de 250 µm. Entre em contato conosco ou confira em nossa tabela a malha que atenda seu processo. Fonte: Anvisa

#diamuncialdopão #malhaproduçãopão #malhafarinha #telafarinha #telainoxfarinha #poroduçãofarinha #processoproduçãofarinha #telainox #telainoxidavel #telapenira #telainoxpeneira

Rua Pres. Roosevelt, 1352 - Bairro São Miguel, São Leopoldo - RS 93025-640
Contatos:  51 3592-1352      51 98408-1352 WhatsApp

  • Grey Twitter Icon