Tela de Peneira - Pintura eletrostática


A pintura eletrostática é uma das formas de pintura mais resistente e efetiva existente. Essa pintura utiliza um processo diferenciado por meio de cargas elétricas para a fixação da tinta.

Usualmente essa pintura é mais aplicada em superfícies metálicas, mas pode ser utilizada em qualquer material carregado eletricamente. A tinta utilizada é em pó e se subdivide em três tipos: Poliéster: Com ótima aderência e dificilmente fica amarelada, utilizada bastante em ambientes externos. Epóxi: Com grande resistência à corrosão. Hibrido: Que é a combinação das duas anteriores.


Para realizar é usado uma pistola de pintura, nela há um compartimento para a tinta em pó e antes do pó ser esguichado para fora o pó é carregado eletricamente com cargas positivas ou negativas e a superfície onde será aplicado será carregado eletricamente com cargas opostas as da tinta. Com isso, quando a tinta entra em contato com a superfície ocorre a atração entre as cargas opostas fazendo a tinta fixar na superfície.

Depois desse processo o material é levado a uma estufa para ganhar perfeita uniformidade na superfície do material.As principais vantagens são que a tinta é totalmente ecológica pois não tem solvente, é de fácil aplicação e o resultado de aderência é incrível.

Soluções de problemas e conservação com tinta pó

Em caso de Impurezas no filme: São defeitos semelhantes a minúsculos grânulos que ocorrem aleatoriamente na superfície, ocasionados por, 1) Impurezas impregnadas na superfície 2) Uso de tinta recuperada sem efetuar a filtração do pó. 3) Presença de impurezas no ambiente 4) Impregnação de abrasivo 5) Presença de sujeiras no transportador ou na linha quando contínua. 6) Origem de golfadas geradas pela pistola durante a aplicação. 7) Malha da peneira pode estar furada. 8) Aplicação com tinta apresentando grumos. Para a correção do problema a Weg recomenda: 1) Avaliar como está a estabilidade do produto (como está o aspecto do pó: compactado, presença de grumos) 2) Observar a limpeza do substrato 3) Passar ar comprimido nas peças antes da pintura 4) Efetuar a filtração das tintas a serem recuperadas, passando por uma peneira de tela 60 a 100 mesh (muda de acordo com tipo de produto).5) Verificar se a tela de filtração do pó a ser recuperado não está “rasgada” e/ou furada 6) Manter o bico da pistola e defletor livre de pó impregnado. 7) Efetuar a limpeza da linha, inclusive da estufa, avaliando a parte lateral e superior das mesmas. 8) Instalar sistema de calhas abaixo da correia transportadora. 9) Para eliminar as golfadas durante a aplicação, deve-se regular a pressão de fluidização no reservatório de pó.

Fontes: Weg

JFJF

#telapinturapó #meshpinturapó #meshpinturaeletrostática #telafinapinturapó #TELAPENEIRA #telaparapeneira #teladepeneira #malhametálica #peneirainox #peneirainoxidavel #tecidometálico #telapeneira

Destaque
Posts Recentes
Arquivo

Rua Pres. Roosevelt, 1352 - Bairro São Miguel, São Leopoldo - RS 93025-640
Contatos:  51 3592-1352      51 98408-1352 WhatsApp

  • Grey Twitter Icon