• Telas Muller

Vacina contra zika não estará disponível antes de 2020, diz OMS



Nenhuma vacina segura para proteger mulheres em idade fértil do vírus zika estará disponível antes de 2020, afirmou a diretora-geral da Organização Mundial da Saúde (OMS), Margaret Chan. "Cerca de 40 vacinas permanecem em estudo. Algumas estão em fase de ensaios clínicos, mas uma vacina considerada segura o suficiente para ser usada por mulheres em idade fértil não poderá ser totalmente licenciada antes de 2020", disse.

A OMS decretou emergência de saúde global para o vírus há exatamente um ano. "Um ano depois, onde estamos? A propagação internacional do vírus continuou, mesmo com um monitoramento melhor. Cerca de 70 países e territórios nas Américas, África, Ásia e no Pacífico Ocidental têm relatado casos do vírus zika desde 2015", acrescentou Chan.

O vírus zika, associado ao desenvolvimento de microcefalia em fetos e recém-nascidos e de problemas neurológicos em adultos (Síndrome de Guillain-Barré), é transmitido pela picada do mosquito Aedes aegypti e por meio de relações sexuais. Chan ponderou que também há avanços. "Algumas abordagens inovadoras para o controle dos mosquitos estão sendo experimentadas de maneira piloto em vários países, com resultados promissores", ressaltou.

Apesar de o estado de emergência ter sido retirado em novembro do ano passado, Chan alertou que os países precisam tratar do zika de forma continuada e em longo prazo. A diretora-geral da OMS também lembrou que o surto da doença revelou falhas nos serviços de planejamento familiar e o desmantelamento de programas nacionais de controle de mosquitos.

Fonte: DW

#combatezikaverão #zikavirus #Previnirzika #proteçãozika #medidaevitarzika #zikasintomas #mosquitozika

Rua Pres. Roosevelt, 1352 - Bairro São Miguel, São Leopoldo - RS 93025-640
Contatos:  51 3592-1352      51 98408-1352 WhatsApp

  • Grey Twitter Icon